TechMestre - Tecnologia sob medida
TechMestre >>
Curiosidades
>>
Cachorro fica com perna permanentemente torta após ser atropelado e donos negligenciarem tratamento
Imagem para Cachorro fica com perna permanentemente torta após ser atropelado e donos negligenciarem tratamento

Cachorro fica com perna permanentemente torta após ser atropelado e donos negligenciarem tratamento


17/11/2014 05h51

Cachorro ficou com a perna permanentemente torta após ser atingido por carro e seus donos se recusarem a levá-lo para veterinário.


Um cachorro foi deixado com uma perna permanentemente torta depois que seus donos cruéis ignoraram seus ferimentos, recusando levar o animal até um veterinário quando ele foi atingido por um carro.

Bronson quebrou a perna depois de ser atingido por um veículo enquanto perseguia um gato em sua casa, em Sunderland (Inglaterra). 

Cachorro ficou com a perna permanentemente torta após ser atingido por carro e seus donos se recusarem a levá-lo para veterinário

Apesar da gravidade da lesão, os proprietários Anthony Rickatson, de22 anos, e Donna Krager, de 32, simplesmente cobriram o membro com uma bandagem.

Apenas algumas semanas depois, Bronson caiu acidentalmente enquanto estava sendo passado sobre uma cerca por crianças. Sua perna ferida ficou deslocada em um ângulo de 45 graus.

Ao invés de levá-lo ao veterinário, os proprietários o deixaram com outra pessoa, que concordou em levá-lo para uma associação de ajuda aos animais para receber tratamento gratuito. Mas isso nunca aconteceu e Bronson foi forçado a sofrer por semanas com a dor.

A inspetora do centro de ajuda, Helen Scott, foi posteriormente chamada para um endereço onde o cão estava hospedado por 5 dias.

O veterinário que examinou o animal disse que seus proprietários devem ter percebido que ele estava em agonia e não fizeram nada para ajudar.

Krager e Rickatson admitiram causar sofrimento desnecessário a Bronson entre 09 de abril e 09 de julho, de acordo com a Seção 4 da Lei de Bem-Estar Animal em Sunderland.

Os dois foram desqualificados para a manutenção de animais por cinco anos, e não serão capazes de recorrer. Como resultado, eles vão perder o gato da família.

O casal ainda foi condenado a prestar serviços comunitários por 6 meses, além de pagar uma multa de 3.200 reais.

O cão passou por diversas cirurgias para recuperar as lesões em sua pata desfigurada.
Fonte: Daily Mail
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba as últimas novidades:

Twitter
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba novidades:

MAIS LIDAS