TechMestre - Tecnologia sob medida
TechMestre >>
Curiosidades
>>
Casal que acreditava que a fé curaria filho de 8 meses é condenado à prisão depois que bebê faleceu por não ter recebido ajuda médica
Imagem para Casal que acreditava que a fé curaria filho de 8 meses é condenado à prisão depois que bebê faleceu por não ter recebido ajuda médica

Casal que acreditava que a fé curaria filho de 8 meses é condenado à prisão depois que bebê faleceu por não ter recebido ajuda médica


19/02/2014 11h20

Filho foi o segundo morto por conta da crença – casal tinha como instrução da justiça levar filhos a médicos em caso de doença.


Um casal da Pensilvânia que acreditava que a fé curaria todas as doenças, foi preso culpado pela morte de um filho que adoeceu e não recebeu ajuda médica. Herbert e Catherine Schaible estão sendo condenados pela morte do filho de 8 meses de idade, Brandon.

Antes da morte de Brandon, o casal já havia perdido outro filho, Kent, que morreu por pneumonia não tratada em 2009. Os Schaibles são membros da terceira geração de uma pequena comunidade pentecostal, a Primeira Igreja do Evangelho no nordeste da Filadélfia.

Casal que acreditava que a fé curaria filho de 8 meses é condenado à prisão depois que bebê faleceu por não ter recebido ajuda médica

O advogado de Catherine Schaible, de 44 anos, pretende explorar suas crenças religiosas na sentença. O casal tem 7 filhos vivos, e acreditam na cura divina. Na época da morte de Kent, o casal recebeu 10 anos de liberdade condicional, mas com a ressalva que procurariam ajuda médica se qualquer outro de seus filhos ficassem doentes.
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba as últimas novidades:

Twitter
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba novidades:

MAIS LIDAS