TechMestre - Tecnologia sob medida
TechMestre >>
Curiosidades
>>
Crianças são exploradas trabalhando turnos de 12 horas por dia quase sem comida para arrecadarem apenas 3,80 reais
Imagem para Crianças são exploradas trabalhando turnos de 12 horas por dia quase sem comida para arrecadarem apenas 3,80 reais

Crianças são exploradas trabalhando turnos de 12 horas por dia quase sem comida para arrecadarem apenas 3,80 reais


22/09/2014 07h23

Crianças na Índia foram resgatadas após trabalharem turnos de 12 horas por dia, quase sem comida, para conseguirem sobreviver.


Um grupo de 11 crianças foi resgatado de uma fábrica na Índia, onde eles estavam trabalhando em turnos de 12 horas para ganharem apenas R$3,80.

As crianças, com idades entre 11 e 17 anos, foram vítimas do tráfico de Bihar e Uttar Pradesh, no norte da Índia, e acabaram sendo levadas para Delhi para trabalhar.

Eles foram forçados a trabalhar 12 horas por dia, e eram “incentivados” a fazer horas extras por mais cerca de 50 centavos. 

Crianças na Índia foram resgatadas após trabalharem turnos de 12 horas por dia, quase sem comida, para conseguirem sobreviver

A operação de resgate foi realizada pela Polícia de Delhi depois da organização dos direitos da criança, Bachpan Bachao Andolan (Salve a Infância), relatar o crime às autoridades.

Durante um ataque de uma hora, três meninos foram resgatados de uma padaria e os outros foram resgatados de uma fábrica de calçado, em Nangloi, Oeste de Delhi.

As crianças foram mantidas em pequenos quartos onde trabalhavam, dormiam e faziam as suas refeições. Elas tinham apenas uma esteira para dormir durante a noite.

As vítimas não foram alimentadas corretamente, nunca foram levadas ao médico ou receberam determinados medicamentos quando estavam doentes, e não foram autorizadas a sair de seus quartos.

Um dos meninos resgatados, Deepak, de 16 anos, disse: "Eu fugi da minha casa com um amigo há dois anos para tentar encontrar trabalho em Delhi. Então eu conheci um homem que me ofereceu um emprego em uma fábrica de sapatos. Eu, felizmente, aceitei o trabalho para assim poder enviar dinheiro para casa e ajudar meu pai, um puxador de riquixá, para pagar o tratamento médico da minha mãe.”

Ele continua: "Eu mesmo trabalhei extra para ganhar um adicional. 'Mas o dono nunca nos pagou e nós só ganhávamos comida duas vezes por dia, ficando confinados em nossos quartos. Era como estar em uma prisão.”

Embora Deepak tinha voluntariamente saído de casa, muitas das outras crianças supostamente foram enviadas por seus pais para trabalhar na cidade para apoiá-los financeiramente.

A situação de extrema pobreza em áreas rurais da Índia força os pais a enviar seus filhos para o trabalho. Só que o trabalho infantil na Índia é ilegal.

A polícia já prendeu o dono da padaria, enquanto o empregador na fábrica de calçados está em fuga.

As crianças estão sendo cuidadas em uma casa e centro de reabilitação.
Fonte: Daily Mail
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba as últimas novidades:

Twitter
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba novidades:

MAIS LIDAS