TechMestre - Tecnologia sob medida
TechMestre >>
Curiosidades
>>
Homem que teve relação íntima com galinha é preso novamente por abusar de outra ave
Imagem para Homem que teve relação íntima com galinha é preso novamente por abusar de outra ave

Homem que teve relação íntima com galinha é preso novamente por abusar de outra ave


09/10/2014 08h23

Michael Bessigano, de 42 anos, teve relação íntima com outra ave após já ter sido preso anteriormente por abusar de uma galinha.


Um homem de Indiana, nos Estados Unidos, que já havia sido condenado por ter relações íntimas com uma galinha, foi agora acusado por ter tido novas relações, agora com outra ave.

Michael Bessigano, de 42 anos, foi preso na última sexta-feira em sua casa, após acusações de abusar e matar um animal doméstico.

O suspeito supostamente foi para até um parque local e entrou em um prédio onde aves estavam alojadas. Testemunhas que identificaram Bessigano à polícia, disseram que o homem agrediu intimamente uma das aves, a matando e tentando esconder o cadáver em uma lata de lixo. 

Michael Bessigano, de 42 anos, teve relação íntima com outra ave após já ter sido preso anteriormente por abusar de uma galinha

As autoridades executaram um mandado de busca e disseram que encontraram penas de aves na residência. Testes de DNA mostraram que as penas na casa de Bessigano combinavam com o pássaro encontrado morto na lata de lixo no Buckley Homestead, segundo a polícia. A polícia disse que Bessigano estava vestindo calça jeans, que estavam cobertas de sangue, quando revistaram a casa dele. Uma análise pelo Laboratório de Polícia do Estado de Indiana descobriu que o sangue na calça jeans pertencia a uma espécie não determinada de animal.

O agressor supostamente tinha uma máscara de lobo de borracha e um altar de velas criadas em sua residência. Bessigano, cuja mãe diz que sofre de esquizofrenia, tem uma longa história envolvendo crueldade contra os animais e bestialidade.

Em 1992, ele foi condenado por ter relações íntimas com a morte um Rottweiler. Em 2002 Bessigano foi condenado a quatro anos de prisão após ter relação íntima antes de matar uma galinha. Nesse incidente, a polícia disse que ele levou o animal para um quarto de hotel, arrancou suas penas, e em seguida, abusou intimamente do animal antes de matá-lo.

Enquanto estava na prisão, Bessigano, segundo informações, pintou listras em si mesmo e se chamou de "mestre de gatos".
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba as últimas novidades:

Twitter
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba novidades:

MAIS LIDAS