TechMestre - Tecnologia sob medida
TechMestre >>
Curiosidades
>>
Monge morto há 200 anos, encontrado em posição de meditação, poderia estar vivo
Imagem para Monge morto há 200 anos, encontrado em posição de meditação, poderia estar vivo

Monge morto há 200 anos, encontrado em posição de meditação, poderia estar vivo


05/02/2015 06h12

Cientistas estão estudando monge mumificado de 200 anos encontrado em posição de meditação, e budistas dizem que ele está vivo.


Cientistas na Mongólia estão examinando um monge mumificado de aproximadamente 200 anos, descoberto na semana passada, na província de Songinokhairkhan. De acordo com alguns budistas, o monge ainda estaria “vivo”, pois está em um transe de meditação profunda.

O corpo preservado do monge, sentado em posição de lótus, de pernas cruzadas, foi descoberto na semana passada, no bairro Songino Khairkhan, da capital Ulan Bator. 

Cientistas estão estudando monge mumificado de 200 anos encontrado em posição de meditação, e budistas dizem que ele está vivo

Ele foi levado para o Centro Nacional de Perícia Forense em Ulan Bator para um estudo mais aprofundado.

Gankhüügiin Pürevbat, fundador do Instituto Mongolian de Arte budista, em Ulan Bator Buddhist University, disse que a posição em que o monge está sentado significa que ele não está morto, mas sim em uma meditação profunda, de acordo com uma antiga tradição budista.

Alguns especialistas sobre budismo disseram que o monge poderia estar em "tukdam", uma espécie de estado de meditação profunda que atravessa a fase entre a vida e a morte.

Acredita-se que o monge mumificado tenha morrido no século XIX. Sua identidade é desconhecida.
Fonte: Telegraph
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba as últimas novidades:

Twitter
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba novidades:

MAIS LIDAS