TechMestre - Tecnologia sob medida
TechMestre >>
Curiosidades
>>
Motorista de van tem cabeça esmagada e morre depois de ser atropelado por caminhão de 17 toneladas
Imagem para Motorista de van tem cabeça esmagada e morre depois de ser atropelado por caminhão de 17 toneladas

Motorista de van tem cabeça esmagada e morre depois de ser atropelado por caminhão de 17 toneladas


23/07/2014 09h07

Trevor Allen foi assassinado por motorista de caminhão de 17 toneladas, que estaria dirigindo com raiva e não quis desviar do home.


Trevor Allen, de 56 anos, motorista de uma van, foi esmagado até a morte depois que um caminhão de 17 toneladas, conduzido por Mark Slater, passou sobre sua cabeça durante um incidente na estrada.

Mark, de 47 anos, de Oldham, Greater Manchester, afirma que foi um acidente, e nega o assassinato.

Testemunhas disseram que Allen era um homem "bem nutrido", que estava vestindo uma jaqueta de alta visibilidade. Eles completaram dizendo que Mark estava irritado e simplesmente passou por cima do motorista na estrada. 

Trevor Allen foi supostamente assassinado por motorista de caminhão de 17 toneladas, que estaria dirigindo com raiva e não quis desviar do homem ao vê-lo na sua frente.

A perícia demonstrou que a vítima foi arrastada por baixo, tendo a cabeça atingida na região da roda do lado do esquerdo do caminhão.

Kamil Miskiewicz, que dirigia um caminhão de lixo, viu Allen com os braços estendidos, em pé, na frente do caminhão.

De acordo com o júri as testemunhas disseram: "Eles descreveram ter visto a cabeça de Trevor Allen explodir e o corpo ser torcido pelo veículo. Eles podiam ouvir seus ossos sendo quebrados. O caminhão continuou a se mover para a frente. "

Quando a polícia chegou, o réu disse que a vítima tinha parado na frente para que ele desviasse para o outro lado. Allen desviou para a mesma direção na frente de seu veículo. Ele foi acusado de assassinato no dia seguinte.

Uma análise do tacógrafo do caminhão sugeriu que antes do incidente fatal ele tinha parado por nove segundos. A análise também mostrou que antes do incidente o caminhão tinha, em várias ocasiões, aumentado e diminuído a velocidade bruscamente.

Mark negou assassinato e afirma que simplesmente não viu a vítima em pé na frente de seu veículo. O julgamento continua.
Fonte: Daily Mail
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba as últimas novidades:

Twitter
Cadastre seu email e receba novidades!

Cadastre seu email e receba novidades:

MAIS LIDAS